CRUELDADE: Preso morre com problema de pressão alta, após ser colocado em gaiolão meio ao sol de 40°c em Barra do Corda

Blog Minuto Barra, o Portal de Notícias do Gildásio Brito 

A morte do Sr Francisco Silva abalou a cidade de Barra do Corda ontem segunda-feira(9). Ele foi preso domingo, por volta de meio dia, quando se envolveu em um grave acidente na Br-226 perímetro urbano de Barra do Corda, com um motociclista que quebrou o braço e é a perna.

Segundo as informações de populares que se encontravam no local do acidente, o Sr Francisco demonstrava sinais de embriaguez, e a polícia militar o conduziu para a delegacia de Polícia.

Chegando lá, Francisco foi colocado em um gaiolão que se encontra aos fundos da delegacia, chegando a passar toda a tarde de domingo, sendo castigado pelo sol causticante de mais de 40° graus. Além de passar toda a tarde no sol dentro do gaiolão, ele ainda teve que passar a noite inteira no mesmo local, e por volta das 8hs da manhã de ontem segunda-feira, em estado de convulsão, o serviço do Samu foi acionado e Franscisco levado para a UPA de Barra do Corda, e lá morreu. Fotografia do gaiolão abaixo;

O delegado regional Dr Renilton Ferreira, não se encontrava em Barra do Corda quando ocorreu o acidente e a prisão de Franscisco, mas ontem a noite, Dr Renilton concendeu uma entrevista ao blogueiro Gildásio Brito ao vivo pelo Facebook, e disse que havia determinado o envio do corpo para o IML em Imperatriz, para só assim saber a causa da morte, e que uma investigação ele já havia determinado, para punir algum culpado caso houvesse, mas garantiu que todos os procedimentos normais foram feitos, desde o momento em que Francisco chegou a delegacia.

Em uma postagem no Facebook por volta do meio dia desta terça- feira, a senhora Nielma Rodrigues, disse que no IML, o médico afirmou que a morte de Franscisco foi por problema de pressão alta e falta de atendimento médico. Veja abaixo;

A revolta em Barra do Corda tomou uma magnitude tão grande, que a população clama pela demolição do gaiolão, que parece mais com algo da idade média, algo desumano.

Há poucos meses, a defensoria pública de Barra do Corda juntamente com o Ministério Público, solicitaram ao poder judiciário a interdição da delegacia de Barra do Corda, mas até o presente momento o poder judiciário não decidiu se atende ou não o pedido. Veja abaixo fotografias da delegacia e da carceragem de Barra do Corda;  as fotografias abaixo, foram repassadas ao blog, pelo defensor público Dr Jessé Mineiro, ele que pediu no início do ano a interdição da delegacia.

Comentários

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado.




Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores
e não representam opinião do autor deste blog.

*

code