À afirmação de Benedito Terceiro a respeito do eleitorado de Barra do Corda se repete, após 210 candidatos receberem votos em Barra do Corda

Blog Minuto Barra, o Portal de Notícias do Gildásio Brito

Após o resultado das urnas no último domingo(7), podemos afirmar categoricamente, que o eleitor de Barra do Corda precisa ser analisado.

Sendo atualmente, o 11° maior colégio eleitoral do estado com 55.929 eleitores, 22,85% não compareceram às urnas para votar, chegando a um número assustador de 12.779 eleitores.

Entre os chamados “candidatos da terra” e os de fora, apesar de alguns bem conhecidos na cidade, algo chama atenção, para a quantidade de candidatos que obtiveram votos em Barra do Corda para deputado estadual. O primeiro colocado, Fernando Pessoa, recebeu 15.717 votos, Rigo Teles em segundo com 9.301, Daniela Tema em terceiro com 2.975 e Jaine Milhomem em quarto lugar com 1.556, além dos 4 primeiros mencionados, outros 206 candidatos receberam votos em Barra do Corda, sendo que o último colocado, Rafael Lima(PSL) recebeu 1 voto na terra de Melo Uchôa.

Os eleitores foram além também, para deputado federal. Os primeiros colocados que receberam acima de mil votos, sendo eles: Dr Jerônimo com 7.149, Márcio Jerry 4.550, Raimundo Carvalho 4.271, Simplício Araújo 4.251, Victor Mendes 3.736, Hildo Rocha 2.054 e Gil Cutrim 1.355, outros 143 candidatos a deputados federais receberam votos em Barra do Corda, sendo o último colocado José Matias com 1 voto na cidade.

Mediante tais dados, a pergunta é; O que passa pela cabeça do eleitorado de Barra do Corda?

Após o resultado das eleições de 2016, o ex-deputado Benedito Terceiro fez uma declaração bastante forte e pesada, mas que se analisada, ele pode não ter errado ao afirmar que, “Barra do Corda se transformou em um vergonhoso prostíbulo eleitoral”.

Sem dúvidas, tal afirmação de Benedito Terceiro, não é direcioanda à todo o eleitorado, mas ninguém é cego ao ponto de não enxergar a vergonhosa e chamada “troca de favores” nas campanhas eleitorais em Barra do Corda, algo que não é de hoje, essa prática imoral e criminosa, é atinga.

Nos últimos dois anos, a população usou às redes sociais, emissoras de radios e tvs, Blogs e Jornais, para denunciar o descaso da gestão do prefeito Eric Costa, onde seus próprios aliados e todas as pesquisas afirmavam que sua rejeição beirava à casa dos 75%. Chega o dia da eleição, e o silêncio domina à cidade, o eleitor se dirige às urnas, e quando as mesmas se abrem, o candidato do prefeito estoura em primeiro lugar com quase 16 mil votos, recebendo uma votação record e histórica, lançando por terra todas as pesquisas, comentários e gemidos da população que afirmavam não aprovar a gestão do seu cunhado prefeito. E não adianta tentar discordar, pois apenas às urnas tem o poder de enterrar todo tipo de revolta. A votação de Fernando Pessoa, cunhado do prefeito, sepultou todo e quaquer tipo de comentários contrários à gestão de Eric Costa na prefeitura de Barra do Corda, apesar da somatória dos votos entre os demais candidatos que ultrapassou à casa dos 20 mil.

A pergunta se repete;

Será, que Benedito Terceiro acertou quando disse que Barra do Corda se transformou em um prostíbulo político eleitoral?

Por outro lado, e para que a afirmação de Benedito Terceiro não saia de nossas cabeças, outro dado chama atenção nestas eleições. Apenas entre quatro candidatos a deputados federais, que apareceram da noite para o dia em Barra do Corda, arrastaram mais de 15 mil votos no município, sendo eles: Márcio Jerry, Simplício Araújo, Victor Mendes, Gil Cutrim e Aluísio Mendes.

O que levou tais nomes, totalmente desconhecidos, arrastarem mais de 15 mil votos em Barra do Corda?

O deputado federal Hildo Rocha, não merece ser incluído na lista dos que apareceram da noite para o dia, pois o mesmo, tem um brilhante histórico de serviço prestado à Barra do Corda. Sendo que, na Câmara Municipal, apenas uma vereadora reconheceu o trabalho de Hildo Rocha na cidade, Kassí Pompeu. Os demais, preferiram apoiar os forasteiros que aqui chegaram às vésperas das eleições.

O eleitorado de Barra do Corda, contava com quatro candidatos da terra; Raimundo Carvalho, Dr Jerônimo, Selma Carvalho e Ivan da Graça. Todos eles, foram massacrados pelos candidatos de fora.

Mais uma vez, a pergunta deve ser repetida;

A afirmação de Benedito Terceiro, é de fato verdadeira quando disse que Barra do Corda se tranformou em um vergonhoso prostíbulo eleitoral?

No mais, conclui-se dizendo; “Viva a Democracia e o direito de escolha através do voto livre”.

 

 

 

    Deixe seu comentário

    O seu endereço de email não será publicado.




    Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores
    e não representam opinião do autor deste blog.

    *

    code