São Luís, 18 de junho de 2021
×
São Luís, 18 de junho de 2021

Publicidade

Investigação

Concurso para a prefeitura de Buruti Bravo é suspenso por suspeita de irregularidades

A atual prefeita Luciana Borges determinou a abertura de um processo administrativo que vai apurar supostas irregularidades na contratação do Instituto Legatus, do Piauí.

Concurso para a prefeitura de Buruti Bravo é suspenso por suspeita de irregularidades

O concurso para a Prefeitura de Buriti Bravo, a cerca de 500 km de São Luís, foi suspenso, após a atual gestão da prefeita Luciana Borges determinar a abertura de um processo administrativo que vai apurar supostas irregularidades.

O concurso estava ofertando 129 vagas nos níveis fundamental, médio e superior, com provas previstas para março deste ano. Mais de 3500 candidatos haviam feito inscrição.

O Instituto Legatus, que estava promovendo o concurso, informou que permanece à disposição da Prefeitura e dos órgãos de controle externo para prestar informações sobre o certame. Disse ainda que, em caso de cancelamento definitivo, irão divulgar as instruções para ressarcimento aos candidatos do valor pago na taxa de inscrição. CONTINUE LENDO ABAIXO A MATÉRIA;

Publicidade

“O Instituto esclarece que não ensejou e tampouco tem conhecimento de qualquer irregularidade na Tomada de Preço que culminou na sua contratação para execução do certame, e que jamais foi contatado ou notificado pela Prefeitura Municipal para prestar qualquer informação, tendo inclusive tomado conhecimento do decreto de suspensão por meio dos próprios candidatos”, diz a nota do Instituto.

O mesmo Instituto, Legatus, foi contratado também pelo ex-prefeito de Barra do Corda, Eric Costa, para realizar um concurso público em 2020, na boca da urna. Após uma Ação protocolada por três pretensos candidatos ao concurso, a justiça suspendeu a realização do certame em Barra do Corda.

O Instituto Legatus foi escolhido por Eric Costa sem passar pelo crivo de processo licitatório. O Comunista preferiu fazer dispensa de licitação e escolheu um Instituto cheio de processos na justiça do Maranhão e do Piauí.

Faça um comentário