30 anos da Constituição: “A nação brasileira deve muito a transição democrática ao presidente José Sarney” afirma presidente do STF

Blog Minuto Barra, o Portal de Notícias do Gildásio Brito 

O Congresso Nacional realizou na manhã desta terça-feira(6) em Brasília, uma sessão solene para comemorar os 30 anos da Constituição de 1988.

Estiveram presentes na solenidade, o presidente do congresso nacional, senador Eunicio Oliveira, o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, o Presidente da República Michel Temer, o presidente eleito Jair Bolsonaro, a procuradora geral Raquel Elias e o ex-presidente da República José Sarney.

Durante o discurso do presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Dias Toffoli, o mesmo iniciou sua fala enaltecendo a figura de José Sarney na transição democrática. Segundo Toffoli, sem José Sarney, talvez teria sido impossível acontecer a transição de 1988.

“Sem o presidente José Sarney, talvez, seria impossível o pálio da Constituição de 1988. A habilidade de vossa excelência nestes 30 anos, deve ser mais uma vez destacada, como sempre o fiz nas celebrações, seja no Tribunal Superior Eleitoral ou no Supremo Tribunal Federal. A nação brasileira muito deve a transição democrática à pessoa do presidente José Sarney”, disse o presidente do STF sob fortes aplausos.

Todos que usaram da fala, destacaram a figura central de José Sarney na transição do regime militar para o regime democrático em 1988 com a aprovação da nova constituinte.

    Deixe seu comentário

    O seu endereço de email não será publicado.




    Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores
    e não representam opinião do autor deste blog.

    *

    code