São Luís, 22 de setembro de 2021
×
São Luís, 22 de setembro de 2021

Publicidade

Notícias

Após sofrer condenação na justiça, Jaile Lopes culpa gestão Eric Costa por suposta perseguição contra ele

Durante entrevista na manhã desta quinta-feira(22) na rádio Rio Corda Fm, Jaile Lopes disse que o MUNICÍPIO(no caso a prefeitura) resolveu entrar com a ação apenas contra ele na justiça(ainda em 2019, gestão Eric Costa).

Após sofrer condenação na justiça, Jaile Lopes culpa gestão Eric Costa por suposta perseguição contra ele

O ex-vereador Jaile Lopes, professor e atualmente presidente do Sindicato dos educadores da educação básica se manifestou na manhã desta quinta-feira(22) na rádio Rio Corda Fm após sofrer uma sentença condenatória na Justiça Estadual assinada pelo juiz Queiroga Filho da primeira Vara, comarca de Barra do Corda.

Jaile Lopes foi denunciado em 2019 pelo Ministério Público Estadual, na pessoa do promotor de justiça Guaracy Martins Figueiredo.

Após recomendação do Tribunal de Contas do Estado, a gestão Eric Costa resolveu abrir processo interno contra Jaile Lopes, alegando, que ele possuía acúmulo ilegal de cargos. CONTINUE LENDO ABAIXO A MATÉRIA;

Publicidade

Jaile Lopes foi eleito vereador em 2016 na coligação de Eric Costa, porém, ainda no início do seu mandato na Câmara Municipal, disse que seria vereador independente e não faria parte da base aliada de Eric Costa.

Após Jaile Lopes iniciar forte oposição ao governo Eric Costa na Câmara Municipal, reações começaram ocorrer contra ele.

No processo administrativo feito pela gestão Eric Costa, Jaile Lopes foi punido pelo então prefeito Eric Costa com a perda do cargo de professor da rede municipal de ensino.

Jaile recorreu ao Poder Judiciário e não conseguiu reverter o ato praticado pela gestão Eric Costa.

Naquele mesmo ano, 2019, o Ministério Público abre inquérito contra Jaile Lopes para apurar se de fato ele estava cometendo o crime de acúmulo ilegal de cargos. Segundo o Ministério Público, ao ser citado para se manifestar, Jaile Lopes confessou que possuía todos os cargos, além do de vereador.

O Ministério Público resolveu então ainda em 2019 denunciar Jaile Lopes no Poder Judiciário pedindo a sua condenação.

Jaile Lopes foi intimado pelo juiz Queiroga Filho para apresentar defesa perante a acusação feita contra ele na Justiça. Jaile apresentou seus argumentos, porém, não convenceu o magistrado.

Na última terça-feira, 20 de julho, o juiz Queiroga Filho sentenciou e condenou Jaile Lopes a devolver aos cofres públicos da prefeitura de Barra do Corda R$ 259 mil. Além disso, Queiroga suspendeu por três anos os direitos políticos de Jaile Lopes, bloqueou todos os seus bens no mesmo valor da condenação e ele fica a partir de agora proibido de contratar com o poder público.

Durante entrevista na manhã desta quinta-feira, 22 de julho, na rádio Rio Corda Fm, Jaile Lopes ao ser questionado sobre a condenação imposta a ele pelo juiz Queiroga Filho, Jaile disse se tratar de uma perseguição do MUNICÍPIO(no caso a prefeitura) que em meio a 80 professores que possuíam naquele ano(2019) acúmulo de cargos, resolveu entrar com a ação apenas contra ele. Após a acusação de Jaile contra a gestão anterior,  o Blog Minuto Barra tentou buscar contato com o ex-prefeito Eric Costa, porém não conseguimos. Ouça abaixo o áudio com a afirmação de Jaile Lopes contra a gestão Eric Costa.

Jaile Lopes disse ainda que a partir de agosto começará fazer oposição ao governo de Rigo Teles. Segundo ele, cobrará a realização de um novo concurso público em Barra do Corda.

Ainda ontem, 21 de julho, o juiz Queiroga Filho expediu a sentença para Jaile e seus advogados tomarem ciência e, caso queiram, recorrer ao Tribunal de Justiça em São Luís.

 

 

Faça um comentário

Continue lendo...