Em discurso, Gil Lopes fala do concurso da Câmara, Programa Minha Casa Minha Vida e comportamento de pré-candidatos a prefeito

Blog Minuto Barra, o Portal de Notícias do Gildásio Brito 

images 7 1 - Em discurso, Gil Lopes fala do concurso da Câmara, Programa Minha Casa Minha Vida e comportamento de pré-candidatos a prefeito - minuto barra

A sessão plenária da Câmara Municipal de Barra do Corda realizada na tarde de ontem, terça-feira(19), mostrou, o equilíbrio do vereador presidente Gil Lopes.

Em dez minutos de pronunciamento, o parlamentar falou de assuntos importantes e pontuais para a sociedade Cordina. Ele iniciou seu discurso comentando, quanto ao concurso público da Câmara que até o presente momento não ocorreu sequer uma denúncia ou comentário quanto à possíveis fraudes na prova e no resultado.

Gil Lopes disse que aguarda apenas ser oficializado pela empresa Sousândrade, para que a presidência proceda com a chamada e posse dos aprovados no primeiro concurso do Poder Legislativo.

Devido a grande repercussão quanto ao sorteio do programa Minha Casa Minha Vida, Gil Lopes alertou aos órgãos de fiscalização, no sentido de um acompanhamento mais rigoroso, para que injustiças não sejam cometidas, onde pessoas que sequer precisam, ganham, e às que necessitam ficam de fora.

Ele citou um caso no último sorteio, onde uma senhora informou no ato da inscrição, que tinha problema de deficiência, e no momento de apresentar sua documentação a mesma relatou que já havia sido curada. Ou seja; tudo para facilitar a conquista da casa.

Gil Lopes disse que solicitará uma fiscalização por parte da Câmara, Caixa, prefeitura e Ministério Público em todos os conjuntos habitacionais em Barra do Corda.

O presidente da Câmara disse ainda em sua fala, que recebeu uma manifestação de revolta por parte do povo do Ipiranga onde reclamam, que dentro daquela comunidade a criação de porcos tem provocado incômodo e podem providências.

Finalizando, Gil Lopes falou dos inúmeros pré-candidatos ao cargo de prefeito em Barra do Corda e disse, que o momento deve ser de uma análise profunda por parte do eleitorado, observando o comportamento de cada um, para que não seja escolhido alguém que não tenha preparo para governar o município, e citou o desequilíbrio da família Bolsonaro, onde os filhos estão provocando uma crise dentro do governo.

Deixe seu comentário

Os comentários são de inteira responsabilidade do autor e não expressam a opinião do Minuto Barra. Você pode ser denunciado caso comente algo racista, injúria ou difamação.

O seu endereço de email não será publicado.




Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores
e não representam opinião do autor deste blog.

*

code