Em Santa Inês, Roseana chama Flávio Dino de incompetente

Blog Minuto Barra, o Portal de Notícias do Gildásio Brito

Ao lado do senador Lobão, na chegada ao ato, Roseana foi homenageada com flores pelo Dia Internacional da Mulher.

A ex-governadora Roseana Sarney (MDB) demonstrou, nesta quinta-feira (8), em Santa Inês, sua força política e eleitoral em ato político que deu a largada na caravana que lidera por 30 municípios maranhenses, até o próximo dia 17. Milhares de pessoas, entre representantes da classe política, líderes populares e cidadãos do povo, prestigiaram a emedebista, que criticou duramente a má gestão do governador Flávio Dino (PCdoB) e condenou a falta de obras estruturantes, apesar de o Estado ter dinheiro em caixa, adquirido por meio de empréstimos contraídos na administração passada junto ao Governo Federal.

Roseana no palanque com o senador Lobão, o suplente Lobão Filho, o presidente do PSD, Cláudio Trinchão, o ex-prefeito de Santa Inês, Valdevino Cabral e outros representantes da classe política.

“Organizei o Estado, coloquei as finanças em dias e consegui um recurso, através de um empréstimo no BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social)”, recordou, em meio a aplausos, acenos e outras manifestações de apoio da multidão presente. Relembrou, ainda, que ano passado, já no governo do presidente Michel Temer, o Maranhão obteve uma verba de R$ 780 milhões, viabilizada graças à lei estadual que autorizou o a gestão local a captar dinheiro fora. “Onde está esse dinheiro?”, indagou.

Roseana disse não ver uma única obra estruturante no Maranhão e perguntou às pessoas que acompanhavam seu discurso se alguém constatou alguma ação importante do atual governo em Santa Inês ou em qualquer outra cidade maranhense, capaz de mudar a vida do povo. A resposta negativa foi unânime. “Quero que digam se foi executada alguma obra estruturante”, desafiou a ex-governadora.

Multidão de braços erguidos em sinal de apoio à pré-candidatura de Roseana ao governo

Quanto a versão de falta de recursos alardeada por Flávio Dino, a emedebista classificou como mera desculpa.“Tinha dinheiro, tem dinheiro. O que precisa é ter administração e ser competente para gerenciar este Estado”, assinalou.

Entusiasmada com a presença maciça do povo no ato político do seu grupo em Santa Inês, Roseana declarou ser ser um sinal de muita sorte em sua nova caminhada rumo ao Palácios dos Leões.

Blog O Estado/Daniel Matos

    Deixe seu comentário

    O seu endereço de email não será publicado.




    Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores
    e não representam opinião do autor deste blog.

    *

    code