São Luís, 4 de dezembro de 2021
×
São Luís, 4 de dezembro de 2021

Publicidade

Notícias

Ex-prefeito Eric Costa se livra de Ação do MPF na Justiça Federal após Bolsonaro sancionar Lei que enfraquece LIA

Nesta sexta-feira, 19 de novembro, o Procurador da República encaminhou manifestação a Justiça Federal pedindo a extinção do processo contra Eric Costa. Marcílio Nunes disse que mudaram a Lei profundamente.

Ex-prefeito Eric Costa se livra de Ação do MPF na Justiça Federal após Bolsonaro sancionar Lei que enfraquece LIA

O Procurador da República do Ministério Público Federal encaminhou nesta sexta-feira, 19 de novembro, manifestação a Justiça Federal, lamentando, e pedindo a extinção de uma Ação contra o ex-prefeito de Barra do Corda, Eric Costa.

Na Ação, o MPF pedia que Eric Costa fosse condenado a devolver aos cofres públicos R$ 1,6 milhão após não prestar contar de obras deixadas abandonadas no município de Barra do Corda. Sendo; quatro quadras escolares, Cajazeira Br, Três Lagoas do Manduca, Ipiranga, Vila Nenzin e uma escola na avenida da trisidela.

Em julho o FNDE através da Advocacia-Geral da União se manifestou endossando o pedido do MPF para que o ex-prefeito de Barra do Corda fosse punido na Justiça Federal.

Publicidade

No dia 26 de outubro de 2021, após aprovada por maioria no Congresso Nacional, o presidente da República Jair Bolsonaro sancionou a Lei 14.230 que enfraquecia a Lei de Improbidade Administrativa no Brasil.

Foi repercussão nacional de que, após aprovação e sanção da nova Lei, muitos ex-prefeitos e atuais prefeitos que enfrentam processos na Justiça seriam beneficiados.

De fato, já começou!

O Procurador da República Marcílio Nunes ao pedir a extinção da Ação contra o ex-prefeito de Barra do Corda nesta sexta-feira(19) disse o seguinte; “Trata-se de ação de improbidade administrativa proposta pelo MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL em face de WELLRYK OLIVEIRA COSTA DA SILVA, ex-Prefeito do Município de Barra do Corda. Imputou-se ao requerido a prática de ato de improbidade administrativa tipificado no art. 11, inciso VI, da Lei nº 8.429/1992, consistente na prática de omissão na prestação de contas. Com o advento da Lei nº 14.230/2021, que alterou profundamente as normas relativas à improbidade administrativa, incumbe ao MPF analisar se as condutas descritas pela nova l ei continuam a enquadrar-se c om o atos de improbidade administrativa”.

Ou seja, nas entrelinhas, o Ministério Público Federal lamenta a criação e as mudanças nesta nova Lei aprovada em Brasília pelo Congresso Nacional e sancionada pelo presidente da República. Veja abaixo o Procurador da República pedindo a extinção do processo contra o ex-prefeito de Barra do Corda, Eric Costa.

“Nesse contexto, conclui-se que a conduta objeto da presente ação, analisada sob a perspectiva das alterações na legislação de regência, não se amolda a nenhuma das hipóteses atuais de atos de improbidade administrativa. Ante o exposto, ausente pressuposto de desenvolvimento válido do processo, o MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL requer a extinção da ação de improbidade administrativa, sem resolução do mérito, com fundamento no art. 485,inciso IV, do Código de Processo Civil”.

São Luís/MA, data da assinatura eletrônica.
(assinado digitalmente)
MARCILIO NUNES MEDEIROS
Procurador da República

ex prefeito eric costa se livra de acao do mpf na justica federal apos bolsonaro sancionar lei que enfraquece lia 1 576x1024 - Ex-prefeito Eric Costa se livra de Ação do MPF na Justiça Federal após Bolsonaro sancionar Lei que enfraquece LIA

ex prefeito eric costa se livra de acao do mpf na justica federal apos bolsonaro sancionar lei que enfraquece lia 2 576x1024 - Ex-prefeito Eric Costa se livra de Ação do MPF na Justiça Federal após Bolsonaro sancionar Lei que enfraquece LIA ex prefeito eric costa se livra de acao do mpf na justica federal apos bolsonaro sancionar lei que enfraquece lia 3 576x1024 - Ex-prefeito Eric Costa se livra de Ação do MPF na Justiça Federal após Bolsonaro sancionar Lei que enfraquece LIA

Faça um comentário

Continue lendo...