VEJA AQUI: Índio morto na Br-226 estava foragido da justiça acusado de vários crimes

Blog Minuto Barra, o Portal de Notícias do Gildásio Brito 

Point Blur Mar042019 101518 1024x768 - VEJA AQUI: Índio morto na Br-226 estava foragido da justiça acusado de vários crimes - minuto barra

Na manhã de hoje, segunda-feira(4) o Blog Minuto Barra divulgou com exclusividade, duas motos que ocorreran na Br-226 entre Barra do Corda e Grajaú, no trecho que corresponde à reserva indígena Canabrava.

Os mortos são:

Pedrinho Lopes Guajajara, conhecido por “Droga” e Ocildo Duruteu Tomaz Guajajara.

Pedrinha já tinha diversas passagens pela polícia por crimes de roubo qualificado, associação criminosa, corrupção de menores, tráfico de drogas, tendo mandado de prisão em aberto e atualmente era foragido da justiça.

Informações ainda não confirmadas de que estariam baleados os indios:
Vicente Olimpo Guajajara e um índio conhecido por “Pinipinimo”.
VICENTE também é um velho conhecido da Polícia local com diversas passagens por por assalto qualificado, associação criminosa, corrupção de menores e tráfico de drogas e também é foragido da justiça.

“A notícias de que esses indígenas estariam praticando assaltos na BR-226 e teriam sido baleados por vítimas que estariam armadas na hora da abordagem e teriam reagidos, fatos estes que estão sendo verificados”,afirmou o delegado Renilto Ferreira.

Providências tomadas:

O IML de Imperatriz ja foi acionado e esta a caminho de Barra do Corda para remoção dos corpos e realização de necropsia.

O ICRIM de Imperatriz também ja acionado para fazer os trabalhos de perícia.

Investigadores da delegacia Regional de Barra do Corda estão em diligências em busca de informações para cabal elucidação dos fatos.

Deixe seu comentário

Os comentários são de inteira responsabilidade do autor e não expressam a opinião do Minuto Barra. Você pode ser denunciado caso comente algo racista, injúria ou difamação.

O seu endereço de email não será publicado.




Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores
e não representam opinião do autor deste blog.

*

code