São Luís, 22 de setembro de 2021
×
São Luís, 22 de setembro de 2021

Publicidade

Política

REINO DIVIDIDO NÃO PROSPERA: Roseana assiste de camarote briga ferrenha entre Brandão e Werverton rumo às eleições de 2022

É Bíblico(Mateus 12:25) “todo reino dividido contra si mesmo é devastado; e toda cidade ou casa dividida contra si mesma não subsistirá”. Se a briga dentro do grupo de Flávio Dino continuar, Roseana mudará de ideia.

REINO DIVIDIDO NÃO PROSPERA: Roseana assiste de camarote briga ferrenha entre Brandão e Werverton rumo às eleições de 2022

A briga ferrenha dentro do grupo do governador Flávio Dino apenas cresce dia após dia, mesmo o governador pregando união.

A classe política sabe mais do que ninguém que, Flávio Dino aceita tudo, menos a candidatura de Weverton Rocha para governador dentro do seu grupo.

A jogada é simples e clara; Flávio Dino renunciará o mandato em abril de 2022 para concorrer ao senado nas eleições. Com isso, Brandão assume o comando do governo e passa a ser candidato a reeleição. Ou seja, Carlos Brandão não poderá se candidatar nas eleições de 2026. CONTINUE LENDO ABAIXO A MATÉRIA;

Publicidade

Com chances reais de ser eleito senador da República, Flávio Dino planeja tudo da seguinte forma; tentar reeleger Carlos Brandão governador, ele se elege para o senado e em 2026 Flávio Dino se candidata novamente ao governo.

Caso seja Weverton Rocha candidato do grupo de Flávio Dino, ele terá direito a reeleição em 2028, tirando totalmente uma possível chance de Flávio Dino, com o apoio dos Leões famintos(no caso o palácio) em retornar ao governo.

O cenário de agora, é parecidíssimo com o de 2014. A governadora Roseana queria o secretário Luís Fernando como candidato do seu grupo. Porém, a briga interna impediu o desejo da então governadora. O senador Edison Lobão juntamente com João Alberto e tantos outros, colocaram os pés na parede, Luís Fernando caiu e Lobão Filho passou a ser o candidato do grupo Sarney, sofrendo uma derrota em primeiro turno para Flávio Dino.

Roseana cometeu um erro gravíssimo em 2014, quando afirmou, que estaria se aposentando da política e não mais concorreria eleições. Naquele momento, mesmo com sua inteligência, faltou em Roseana a presença de uma assessoria política capaz de impedir ela em fazer tal declaração.

Roseana estava com o poder nas mãos. Ela possuía o apoio de mais de 190 prefeitos, quase 30 deputados estaduais, três senadores e uma quantidade expressiva de vereadores, ex-prefeitos e lideranças políticas. Com isso, ela teria sido eleita senadora com tranquilidade. E Roseana se arrepende amargamente em ter feito aquela declaração, pois ela é sabedora do poder político que detém em todo o Maranhão. É a única dentro da classe político que estando ou não no poder, possui mais de 1 milhão de votos.

Em 2018, Flávio Dino se viu ameaçado com o retorno de Roseana ao cenário político. É tão verdade, que no dia 11 de setembro de 2018, o governador convocou todos os prefeito, deputados e vereadores para uma reunião de emergência, pois as pesquisas apontavam para o segundo turno, e lá, Dino seria derrotado por Roseana.

Dino partiu pra cima com toda a força política e a estrutura dos Leões. Até monitoramento de adversários, foi realizada, assim repercutiu no Fantástico da Tv Globo naquele ano.

Nas eleições de 2020, Flávio Dino amargou derrotas em grandes colégios eleitorais, como por exemplo; Caxias, Imperatriz, Grajaú, Barra do Corda, Lago da Pedra e tantas outras. Nestas cidades, Flávio Dino montou um exército para derrotar seus adversários. Não conseguiu!!

No que se refere ao pleito de 2022, a confusão entre o vice-governador Carlos Brandão e o senador Weverton Rocha vem tirando o bom sono de Flávio Dino. Nos bastidores o recado é claro de ambas as partes; nenhum abre para o outro.

Com isso, Roseana se favorece da briga ferrenha dentro do grupo do governador. A ex-governadora vem “pregando” que será candidata a deputada federal, favorita para ser a primeira colocada em votos.

Ocorre que, Roseana, do seu apartamento no décimo quinto andar do imponente prédio Murano na península em São Luís, possui visão privilegiada do palácio dos leões que fica à sua esquerda. Veja abaixo, o olhar de Roseana para o Palácio dos Leões, visão privilegiada do seu apartamento.

reino dividido nao prospera roseana assiste de camarote briga ferrenha entre brandao e werverton rumo as eleicoes de 2022 1 - REINO DIVIDIDO NÃO PROSPERA: Roseana assiste de camarote briga ferrenha entre Brandão e Werverton rumo às eleições de 2022

As pesquisas realizadas pelo próprio grupo de Flávio Dino apontam Roseana como favorita ao governo do Estado nas eleições de 2022.

Segundo apurou o Blog Minuto Barra, Roseana recebe diariamente telefonemas de “aliados de Flávio Dino, Brandão e Weverton”. Equilibrada e ensinada pelo pai José Sarney para ouvir mais do que falar, a ex-governadora se empolga e, agora, como presidente estadual do MDB, Roseana vem montando sua agenda para ainda no segundo semestre deste ano começar a percorrer cidades do interior montando e empossando novas diretorias do MDB.

Um prefeito aliado do senador Weverton Rocha disse ao blogueiro Gildásio Brito o seguinte; “Weverton não abre mão da candidatura. O senador sabe que Flávio Dino não aceita ele como candidato do grupo. Mesmo assim, ele será candidato a governador. Sabe que a chance de ir ao segundo turno é pequena e ao mesmo tempo é grande, já que é um articulador por excelência. Mas, caso não vá ao segundo turno, Weverton apoiará Roseana para ajudar a derrotar Brandão e o grupo de Flávio Dino”, disse o prefeito.

E vale destacar que o pai de Roseana, o ex-presidente José Sarney, desembarcou na tarde desta sexta-feira em São Luís. Sarney estava há dois anos sem visitar o Maranhão devido os efeitos da pandemia. Mesmo estando com seus 91 anos de idade, a classe política em Brasília visita Sarney diariamente pedindo conselhos e apoio. Nos últimos 60 dias, Sarney recebeu em sua casa o ex-presidente Lula e por duas vezes o presidente Bolsonaro.

Roseana quer ouvir o pai. Na verdade, ela precisa ouvir os conselhos do pai no que se refere ao novo cenário político.

 

Faça um comentário

Continue lendo...