São Luís, 22 de setembro de 2021
×
São Luís, 22 de setembro de 2021

Publicidade

Política

Temendo derrota para o senado em 2022, Flávio Dino permanecerá no cargo de governador até o fim do mandato

A rejeição contra o atual governador do Maranhão vem crescendo em todas as regiões. Os dois senadores, Weverton e Eliziane, já começaram a virar as costas para Dino.

Temendo derrota para o senado em 2022, Flávio Dino permanecerá no cargo de governador até o fim do mandato

Para aquele que até ontem era considerado “O TODO PODEROSO DO MARANHÃO” a situação agora começa a mudar. No último dia 16 de agosto foi a última vez em que Flávio Dino abriu a boca para dizer que em abril do ano que vem iria renunciar o mandato de governador para disputar o senado. A afirmação foi dita durante a inauguração de uma policlínica na cidade de Barra do Corda.

De lá para cá, o cenário vem mudando completamente e Flávio Dino já admite entre aliados mais próximos que pretende ficar no cargo de governador até o final do mandato em 31 de dezembro de 2022. Quatro políticos se movimentam nos bastidores, alguns deles, até publicamente. Roseana Sarney, Weverton Rocha, Josimar de Maranhãozinho e Edivaldo Holanda Júnior são os principais pré-candidatos ao governo do Maranhão contra os desejos de Flávio Dino.

Em todas as pesquisas realizadas até o presente momento apontam que, a ex-governadora Roseana Sarney lidera em todos os cenário e regiões do estado.

Publicidade

O senador Weverton Rocha vem ganhando força em seu projeto de candidatura rumo ao governo do Maranhão. Ele vem batendo de frente com o governador Flávio Dino que tenta a todo custo empurrar o vice-governador Carlos Brandão para sua sucessão em 2022. Ocorre, que mesmo sendo corajoso e altamente audacioso, Weverton precisa de alianças fortes para vencer a disputa. O senador já tratou por diversas vezes pessoalmente com a ex-governadora Roseana Sarney, detentora, de mais de 30% dos votos no Maranhão. Além de tratar com Roseana e tendo como resposta apenas o “seu silêncio”, o senador usa ainda a influência de aliados que possuem amizade com a filha de José Sarney, incluindo, o prefeito de São Luís Eduardo Braide.

Roseana mesmo calada, sabe do seu potencial. E como ela sempre gosta de dizer; “se o cavalo passar selado, a oportunidade eu não perco”. Apesar que ela prega que será candidata a deputada federal.

VOLTANDO AO ASSUNTO FLÁVIO DINO:

Os leões de fato são fortes “os cofres”, porém, é nítido que a vontade da população não é a mesma de Flávio Dino. E isto vem tirando o sono do governador.

Aliados mais próximos do governador afirmam que ele vem andando meio que triste. Flávio Dino imaginou por diversas vezes que se tornaria a maior potência política de Maranhão por longos anos. Prestes a encerrar o seu mandato, Dino caminha para se tornar um Zé Reinaldo da vida; sem “votos” e sem expressão.

Caso Lula consiga vencer para o cargo de presidente da República em 2022, possivelmente, Flávio Dino ganhará um ministério. Como consolo para quem perdeu o tão curto prestígio político no Maranhão.

O ano 2022 terá como protagonistas nas eleições; Roseana Sarney, Weverton Rocha, Josimar de Maranhãozinho, Edivaldo Holanda Júnior e o prefeito de São Pedro dos Crentes, Lhersio Bonfim, que conta com o apoio dos bolsonaristas mais ferrenhos ao presidente.

Faça um comentário

Continue lendo...