CNBB e CGADB serão acionadas para acompanhar investigações de 15 mortes de recém-nascidos em Barra do Corda

Blog Minuto Barra, o Portal de Notícias do Gildásio Brito 

CollageMaker 20190527 185543520 1024x1024 - CNBB e CGADB serão acionadas para acompanhar investigações de 15 mortes de recém-nascidos em Barra do Corda - minuto barra

Após a OAB(Ordem dos Advogados do Brasil) ter se manifestado e solicitado ao Ministério Público Federal investigação rigorosa quanto às 15 mortes de recém-nascidos ocorridas apenas neste ano em Barra do Corda, onde seu presidente Dr Thiago Diaz determinou que a entidade acompanhe tudo de perto, agora quem também será acionada é a CNBB(Confederação Nacional dos Bispos do Brasil) e a CGADB(Convenção Geral das Assembleias de Deus no Brasil), as duas maiores entidades religiosas do País.

Publicidade

Segundo os vereadores Eteldo e João Pedro, após a CNBB e CGADB terem conhecimento de tais casos em Barra do Corda, os órgãos de investigação serão ainda mais cobrados para que tudo seja esclarecido e os culpados punidos.

“Todas as instituições precisam se manifestar, pois não foram dois ou três casos, foram 15 casos apenas em 2019, sem contar com os casos que ocorreram em 2018 e que foram abafados. Portando, tanto a CNBB e a CGADB serão acionadas ainda nesta semana para que exijam junto aos órgãos investigação celeridade e que todos os culpados sejam denunciados ao Poder Judiciário urgentemente”, disse o vereador Eteldo.

Tudo indica que nesta terça-feira, amanhã, a CPI seja instalada pelo Presidente da Câmara Municipal, vereador Gil Lopes, onde o vereador João Pedro será indicado Presidente da Comissão, pelo fato de ser o autor do pedido de investigação, e o relator e membro que serão escolhidos mediante representação partidária.

Até o presente momento seis vereadores assinaram o pedido de CPI, sendo eles; João Pedro, Eteldo, Aurean, Nem do Swan, Jaile e Gil Lopes.

Deixe seu comentário

Os comentários são de inteira responsabilidade do autor e não expressam a opinião do Minuto Barra. Você pode ser denunciado caso comente algo racista, injúria ou difamação.

O seu endereço de email não será publicado.




Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores
e não representam opinião do autor deste blog.

*

code