São Luís, 22 de outubro de 2020
×
São Luís, 22 de outubro de 2020

Publicidade

Notícias

Sargento da Polícia Militar morre após viatura capotar na Br-226, no Maranhão

O sargento Lopes servia no Grupo de Operações Especiais (GOE), pertencente ao 11° Batalhão de Polícia Militar, na cidade de Timon

Sargento da Polícia Militar morre após viatura capotar na Br-226, no Maranhão

Na manhã desta sexta feira (9), um sargento da Polícia Militar do Maranhão (PM-MA), identificado como Antônio José Lopes Trindade de Sousa, de 47 anos, morreu em um acidente de trânsito na cidade de Timon, na região leste do Maranhão.

O acidente aconteceu na BR-226, nas proximidades do povoado Buriti Cortado. O sargento estava com mais dois policiais militares dentro de uma viatura que, segundo testemunhas, furou um pneu e acabou capotando na BR.

O sargento foi a óbito no local. Já os outros dois PMs ficaram feridos. CONTINUE LENDO ABAIXO A MATÉRIA;

Publicidade

Uma guarnição do serviço do 7º Batalhão de Bombeiros Militar esteve no local do acidente e deu apoio no resgate das vítimas.

Os policiais feridos foram socorridos por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e levados para o hospital.

O sargento Lopes servia no Grupo de Operações Especiais (GOE), pertencente ao 11° Batalhão de Polícia Militar, na cidade de Timon.

Por meio de nota, a Polícia Militar do Maranhão lamentou a morte do sargento e ressaltou que, durante seus 27 anos de corporação, ele traçou uma carreira com compromisso e dedicação ao serviço policial militar.

Leia a nota na íntegra:

Com profundo pesar, a Polícia Militar do Maranhão comunica o falecimento do 1° sargento PM Antônio José Lopes Trindade de Sousa, 47 anos, ocorrido na manhã de sexta feira, 09, na cidade de Timon-MA, vitima de acidente automobilístico.

G1

Em seus 27 anos de Corporação, o aludido militar traçou uma carreira com compromisso e dedicação ao serviço policial militar. Atualmente servia no Grupo de Operações Especiais – GOE, pertencente ao 11° Batalhão de Polícia Militar, na cidade de Timon.

O Comandante Geral da PMMA, em nome dos Oficiais, praças e funcionários civis da Corporação se solidariza com familiares e amigos neste momento de dor.

“Combati o bom combate, acabei a carreira, guardei a fé. Desde agora, a coroa da justiça me está guardada, a qual o Senhor, justo juiz, me dará naquele Dia.” (2 Tm 4:7-8).

Faça um comentário

Continue lendo...