São Luís, 22 de outubro de 2021
×
São Luís, 22 de outubro de 2021

Publicidade

Notícias

Veja AQUI o que levou a Polícia Federal intimar o ex-prefeito Eric Costa para prestar esclarecimentos na sede da PF em São Luís

Recursos destinados pelo ministério da saúde ao Município de Barra do Corda no dia 23 de dezembro de 2020 através de uma portaria, desapareceram dos cofres na última semana do seu mandato.

Veja AQUI o que levou a Polícia Federal intimar o ex-prefeito Eric Costa para prestar esclarecimentos na sede da PF em São Luís

A Polícia Federal intimou para prestar depoimento na sede da Superintendência da PF em São Luís, o ex-prefeito de Barra do Corda, Eric Costa.

A ordem foi do delegado da Polícia Federal Rodrigo Borba, que comanda o Delegacia de Repressão a Corrupção e Crimes Financeiros. A intimação foi expedida no dia 20 de agosto de 2021, às 16:44.

Segundo apurou o Blog Minuto Barra, o Ministério Público Federal recebeu uma Representação gravíssima contra o ex-prefeito Eric Costa no dia 3 de agosto do corrente ano.

Publicidade

Segundo a denúncia, no dia 23 de dezembro de 2020, o ministério da saúde destinou ao Município de Barra do Corda a quantia de R$ 433 mil para investimento em saúde, precisamente, na informatização das UBS e Postos de Saúde com prontuários eletrônicos. Ou seja, Eric Costa tinha por obrigação comprar tablets ou computadores para serem usados nas unidades de saúde localizadas em bairros e povoados.

Já que estava na última semana do seu mandato, Eric Costa poderia também deixar o recurso para a próxima gestão, no caso, a do prefeito Rigo Teles.

Porém, a gestão Eric Costa, em um curto prazo de seis dias, ou seja, entre os dias 24 e 29 de dezembro, transferiu praticamente todo o dinheiro para 23 contas de pessoas físicas e jurídicas. Em total afronta ao que determinava a portaria do ministério da saúde.

Em apenas um dia, 24 de dezembro, a gestão Eric Costa realizou três transferências para um posto de gasolina localizado no bairro altamira, sendo; uma de 22 mil reais, outra de 12 mil reais e outra de 34 mil reais.

Para outras empresas, e uma delas que fica localizada fora de Barra do Corda, a gestão Eric Costa transferiu no apagar das luzes do mandato várias quantias em dinheiro, delas no valor de 60 mil reais, 10 mil, 20 mil, 67 mil, 11 mil e tantas outras.

Ocorreram outras transferências nos valores de 37 mil, 16 mil, 33 mil, 17 mil, 15 mil, 21 mil, 45 mil, 20 mil e 17 mil, dentre outras em valores menores.

Considerando a denúncia como grave, o Procurador da República do Ministério Público Federal, Frauberth Martins Alves, encaminhou no dia 9 de agosto ao Superintendente da Polícia Federal no Maranhão, Delegado Renato Madsen Arruda, o caso para ser investigado de forma profunda.

Veja abaixo o Ofício enviado pelo MPF ao Delegado da Polícia Federal para investigar o ex-prefeito de Barra do Corda, Eric Costa.

veja aqui o que levou a policia federal intimar o ex prefeito eric costa para prestar esclarecimentos na sede da pf em sao luis 424x1024 - Veja AQUI o que levou a Polícia Federal intimar o ex-prefeito Eric Costa para prestar esclarecimentos na sede da PF em São Luís veja aqui o que levou a policia federal intimar o ex prefeito eric costa para prestar esclarecimentos na sede da pf em sao luis 1 768x1024 - Veja AQUI o que levou a Polícia Federal intimar o ex-prefeito Eric Costa para prestar esclarecimentos na sede da PF em São Luís veja aqui o que levou a policia federal intimar o ex prefeito eric costa para prestar esclarecimentos na sede da pf em sao luis 2 520x1024 - Veja AQUI o que levou a Polícia Federal intimar o ex-prefeito Eric Costa para prestar esclarecimentos na sede da PF em São Luís

Faça um comentário

Continue lendo...