São Luís, 25 de janeiro de 2021
×
São Luís, 25 de janeiro de 2021

Publicidade

Polícia

Polícia Civil cumpre mandato de prisão preventiva por tentativa de homicídio em Grajaú

O investigado é conhecido por atos violentos na localidade e apontado como autor de disparos contra um Destacamento da Polícia Militar.

Polícia Civil cumpre mandato de prisão preventiva por tentativa de homicídio em Grajaú

A Polícia Civil do Maranhão, por meio das Delegacias de Polícia Civil das cidades de Grajaú e Arame, com apoio da Policia Militar pertencente ao 37º Batalhão e da Guarda Municipal, deu cumprimento na manhã desta quarta-feira (13) a mandados de busca e apreensão e de prisão preventiva expedidos pela 1ª Vara da Comarca de Grajaú em desfavor de um homem por suposta prática de tentativa de homicídio praticada na madrugada do dia 1º de janeiro de 2021, na localidade Sabonete, município de Grajaú.

Conforme as investigações, vítima e investigado estariam numa festa e durante a madrugada. O investigado convidou a vítima para irem a sua residência e quando chegaram no local, o investigado pediu para a vítima ficar do lado de fora, momento em que o investigado entra na casa, pega um revólver calibre .38 e ao retornar, deu uma violenta coronhada no rosto da vítima e efetuou três disparos, sendo que um disparo acertou o dedo do pé da vítima, o segundo tiro acertou o braço da vítima (o projétil ainda está alojado no braço da vítima, estando esta hospitalizada aguardando a cirurgia para a retirada), o terceiro disparou não acertou. CONTINUE LENDO ABAIXO A MATÉRIA;

A vítima conseguiu fugir do local para se proteger e segundo as testemunhas, o investigado é conhecido por atos violentos na localidade e apontado como autor de disparos contra um Destacamento da Polícia Militar de Alto Brasil, em Grajáu, ocorrido no ano de 2019.

Publicidade

Durante o cumprimento do mandado de busca e apreensão foi encontrada a arma utilizada no crime, no caso, um revólver calibre .38, com duas munições intactas, bem como doze estojos de munições deflagrados, o que ensejou a formalização do flagrante em face do investigado por posse ilegal de arma de fogo, com o encerramento dos procedimentos de praxe, o investigado será encaminhado à unidade prisional local, onde ficará à disposição da justiça.

Informações da ASCOM-SSP

Faça um comentário

Continue lendo...