São Luís, 19 de setembro de 2020
×
São Luís, 19 de setembro de 2020

Publicidade

Política

Secretário de educação de Barra do Corda compartilha notícia falsa para prejudicar Rigo Teles, pré-candidato a prefeito

Odair Maciel compartilhou a notícia falsa em um grupo no WhatsApp de apoiadores do pré-candidato Leandro Sampaio e que tem como um dos administradores o pré-candidato a vice Dr Adriano Brandes.

Uma notícia falsa e criminosa foi compartilhada pelo secretário de educação da prefeitura de Barra do Corda, professor Odair Maciel, em um grupo de WhatsApp de apoiadores do pré-candidato a prefeito Leandro Sampaio. Esse mesmo grupo tem o médico Adriano Brandes, pré-candidato a vice, como um dos administradores.

Odair Maciel compartilhou a notícia falsa, onde o texto, acusa o pré-candidato a prefeito pela oposição Rigo Teles, de ter oferecido dinheiro para Leandro Sampaio, Adriano Brandes, Vitalzinho e Gil Lopes.

A postagem feita pelo secretário de educação ocorreu às 7:59h da manhã deste sábado, 29 de agosto. Ao perceber que sua postagem estava sendo motivo de críticas, por ele ocupar o cargo de secretário de educação, Odair Maciel apagou a postagem às 9:17h.  Veja abaixo; CONTINUE LENDO ABAIXO A MATÉRIA;

Publicidade

secretario de educacao de barra do corda compartilha noticia falsa para prejudicar rigo teles pre candidato a prefeito 576x1024 - Secretário de educação de Barra do Corda compartilha notícia falsa para prejudicar Rigo Teles, pré-candidato a prefeito - minuto barra

secretario de educacao de barra do corda compartilha noticia falsa para prejudicar rigo teles pre candidato a prefeito 1 576x1024 - Secretário de educação de Barra do Corda compartilha notícia falsa para prejudicar Rigo Teles, pré-candidato a prefeito - minuto barra

O texto falso publicado usou ainda através de uma montagem o nome do jornal O Imparcial. Veja abaixo a publicação com texto falso publicado pelo secretário de educação Odair Maciel e que viralizou em dezenas de grupos nas redes sociais em Barra do Corda;

secretario de educacao de barra do corda compartilha noticia falsa para prejudicar rigo teles pre candidato a prefeito 825x1024 - Secretário de educação de Barra do Corda compartilha notícia falsa para prejudicar Rigo Teles, pré-candidato a prefeito - minuto barra

Com o intuito de prejudicar ou beneficiar alguém, as fakes News se antecipam antes do período eleitoral e, são usadas criminosamente com intensidade durante a campanha.

Em junho de 2019, o presidente da República, Jair Bolsonaro, sancionou a Lei nº 13.834/2019, que torna crime a denunciação caluniosa com finalidade eleitoral, tornando as penas mais duras para quem divulgar e também compartilhar fake news.

A Lei prevê pena de prisão de dois a oito anos, além de multa, para quem atribuir notícia falsa de um candidato e divulgá-la com o objetivo de prejudicar sua candidatura. A pena é aumentada em um sexto, se o internauta se esconde no anonimato ou de perfil fictício.

As penas serão as mesmas para quem, comprovadamente ciente da inocência do denunciado e com finalidade eleitoral, divulgar ou propagar, por qualquer meio ou forma, o ato ou fato que lhe foi falsamente atribuído.

Segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), a Lei já vale para as eleições deste ano e, caso ocorra, determina que partidos ou políticos confirmem a veracidade das informações que divulgarem, mesmo que sejam produzidas por terceiros.

Devido o deputado Rigo Teles liderar em todas as pesquisas para prefeito em Barra do Corda, seus opositores começaram nos últimos dias a lhe atacar de forma covarde e leviana.

Um partido político aliado do prefeito Eric Costa tentou no último dia 25 barrar na justiça eleitoral uma pesquisa registrada em que mostra Rigo Teles liderando com mais de 20 pontos. O aliado do prefeito disse na Ação que a pesquisa era fraudulenta e direcionada.

Ao julgar os pedidos, o juiz eleitoral Queiroga Filho disse não perceber irregularidades no registro da pesquisa INOP que mostra a liderança de Rigo Teles em Barra do Corda.

Os advogados do pré-candidato a prefeito Rigo Teles informaram agora pouco que irão acionar a Justiça eleitoral contra a notícia falsa publicada pelo secretário de educação da prefeitura de Barra do Corda, Odair Maciel.

“Não iremos aceitar tais atitudes criminosas nessas eleições e que tem como objetivo prejudicar eleitoralmente o adversário”, disse o advogado Dr Carlos Morais.

 

 

 

Faça um comentário

Continue lendo...