São Luís, 18 de janeiro de 2021
×
São Luís, 18 de janeiro de 2021

Publicidade

Covid-19

TÁ NA CONTA: Gestão Eric Costa recebe do Ministério da Saúde mais R$ 480 mil para combater o Coronavírus em Barra do Corda

Mesmo recebendo valores vultosos, o sistema de saúde em Barra do Corda continua em meio uma pandemia sem leitos de UTIs. Pacientes na maioria dos casos graves são transferidos para Presidente Dutra e São Luís.

TÁ NA CONTA: Gestão Eric Costa recebe do Ministério da Saúde mais R$ 480 mil para combater o Coronavírus em Barra do Corda

A gestão do prefeito Eric Costa do PCdoB do município de Barra do Corda e que conta com 89 mil habitantes, recebeu, agora no mês de julho, uma emenda destinada por algum senador ou deputado federal amigo do prefeito no valor de quase R$ 500 mil.

O valor exato da emenda é de R$ 480.000,00 que caiu nos cofres daquela prefeitura no último dia 14 deste mês.

Entre março e julho, o Ministério da Saúde transferiu recursos da seguinte forma para a prefeitura de Barra do Corda; CONTINUE LENDO ABAIXO A MATÉRIA.

Publicidade

MARÇO: R$ 201.123,36(destinado pelo Ministério da Saúde)

ABRIL: R$ 907.947,94(destinado pelo Ministério da Saúde)

MAIO: Não ocorreu repasses exclusivos para o Coronavírus

JUNHO: R$ 1.296.000,00(destinado por algum senador ou deputado federal amigo do prefeito)

JULHO: R$ 480.000,00(emenda destinada por algum senador ou deputado federal amigo do prefeito)

Fazendo uma soma geral de todos os recursos repassados pelo governo federal para combater o Coronavírus em Barra do Corda, a gestão Eric Costa já recebeu R$ 2.885.071,30.

Aliado a estes valores acima, o governo federal já destinou duas parcelas referentes ao Socorro do Auxílio Financeiro. Barra do Corda recebeu entre junho e julho a quantia exata de R$ 5.127.697,89(mais de cinco milhões de reais) e que podem ser usados também em ações para combater o Coronavírus.

Todas as informações constam no site do Fundo Nacional de Saúde.

Em Barra do Corda um Centro de Triagem funciona desde o início da pandemia, porém, o número de testes é insuficiente para o tamanho da demanda. Além disso, o COE recebe pacientes em estado grave e possui uma boa equipe de profissionais que se dedicam para salvar vidas, mesmo tendo uma estrutura que pouco oferece para que eles façam mais por quem ali chega em busca de socorro. Uma cidade com quase 100 mil habitantes não possui sequer um leito de UTI. Pacientes são socorridos quase que todos os dias pelo avião do estado e levados para grandes hospitais na capital. Muitos outros são encaminhados para Presidente Dutra.

Faça um comentário

Continue lendo...