Funcionário do Detran denuncia perseguição, abuso de autoridade, assédio moral e discriminação sexual no local de trabalho em Imperatriz

Blog Minuto Barra, o Portal de Notícias do Gildásio Brito 

O servidor concursado Paulo Rangel Lustoza de Abreu, regularmente lotado na primeira Ciretran da cidade de Imperatriz, entrou em contato com o Blog Minuto Barra para denunciar que vem sofrendo assédio moral por parte de membros da direção daquela autarquia do governo do estado.

Somando-se a isso, o servidor relata remoção indevida e não motivada em um claro desrespeito às leis que regem a administração pública, com claro intuito de prejudicar as demais atividades do mesmo uma vez que ele atua como advogado naquele município.

Ressalta ainda ter se sentido discriminado sexualmente por conta de sua orientação sexual pelo coordenador de veículos que ofereceu tratamento desumano e degradante ao servidor com o claro intuito de ridicularizá-lo e forçá-lo a desistir do emprego incorrendo assim no tipo penal descrito.

O servidor aponta ainda inúmeras ilegalidades vivenciadas no âmbito daquela ciretran, quais sejam, contratações indevidas, superlotação da autarquia de servidores contratados se tornando, um verdadeiro cabide de empregos políticos em completo desacordo a orientação do Ministério Público, onde servidor contratado realiza atividade fim de servidor concursado, enquanto os servidores concursados são tratados e vistos como ameaças, pois conhecem seus direitos e prezam pela boa qualidade dos serviços.

“Será se vale a pena estudar pra um concurso ou é melhor ser amigo de um político? Bonito né Maranhão? Maranhão de todos nós? Sem entender o significado dessa frase!”, disse o servidor Paulo Rangel.

O Blog Minuto Barra aguarda uma manifestação do DETRAN-MA

    Deixe seu comentário

    Os comentários são de inteira responsabilidade do autor e não expressam a opinião do Minuto Barra. Você pode ser denunciado caso comente algo racista, injúria ou difamação.

    O seu endereço de email não será publicado.




    Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores
    e não representam opinião do autor deste blog.

    *

    code