RESULTADO DO JÚRI: Jurados salvam homem que matou Dj Sandro em 2014 em Barra do Corda

Blog Minuto Barra, o Portal de Notícias do Gildásio Brito 

Por maioria de votos, o tribunal do júri popular que ocorreu ontem quinta-feira no salão do fórum de Barra do Corda, salvou da cadeia o homem que confessou ter matado o Dj Sandro no bairro tamarindo no ano de 2014.

Erivando Oliveira, foi acusado pelo Ministério Público do crime praticado contra Dj Sandro. No momento do Júri, o promotor de justiça Dr Guaracy Martins, disse que a população de Barra do Corda clamava por justiça, e alertou“Já pensou, se matar alguém todas as vezes porque a pessoa foi chamada de corno? Já pensou se essa prática de crime vire moda em Barra do Corda? A sociedade clama por justiça”, disse o promotor.

A defesa do acusado, ficou por conta dp advogado Dr Carlos, que disse em seus argumentos, que o Dj Sandro era um rapaz do bem até então, mas que o mesmo era patifeiro ao namorar mulheres casadas ou comprometidas, e ainda chamada seus maridos de “corno”.

“Um nordestino cabra macho não engole nunca ser chamado de corno, porque se um cara comer uma mulher minha e ainda me chamar de corno, eu mato ele na hora. O Erivando, teve sua honra de homem atingida ao ser chamado de corno na cara pelo Sandro, e eu pergunto; qual o homem que aguenta ser chamado de corno”, disse Dr Carlos.

No final, após a contagem dos votos de sete jurados, sendo seis mulheres e um homem, por maioria dos votos, os jurados declararam inocente o acusado. O promotor disse que vai recorrer da decisão.

O júri foi presido pelo juiz Dr Queiroga Filho.

 

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado.




Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores
e não representam opinião do autor deste blog.

*

code