Prefeito Eric Costa: O homem que estudou o eleitorado e os políticos de Barra do Corda

Blog Minuto Barra, o Portal de Notícias do Gildásio Brito 

Este Blog divulgou na manhã desta terça-feira(8) uma análise à respeito da política de Barra do Corda desde às eleições de 2012.

Podemos afirmar, que Barra do Corda viveu vários momentos na política, onde grandes figuras fizeram história, desde Galeno Brandes, Fernando Falcão, Elizeu Freitas, Darci Terceiro, Nenzin, Avelar e tantos outros. Mas algo vale ressaltar; apenas Eric Costa estudou de forma profunda o eleitorado.

Além de estudar o eleitorado, Eric pelo visto, estudou também e analisou os pontos positivos e negativos de cada um dos líderes políticos que se destacaram e governaram a cidade.

Em 2012, apenas com um mandato de vereador, Eric Costa surge como esperança para uma nova Barra do Corda. De um canto ao outro do município, a população o abraçou e o elegeu com maioria de quase 5 mil votos contra o então candidato Carlito Santos do grupo Nenzin.

Naquele período, era tido quase como impossível alguém se levantar para derrotar o grupo Nenzin, considerado um dos maiores do Maranhão. Mas a democracia é isto, uma hora o líder encontra-se em cima e de uma hora para outra em baixo.

Pela primeira vez na história de Barra do Corda, a juventude foi às ruas para eleger um jovem ao cargo de prefeito, e sem dúvida alguma, foi a campanha eleitoral mais bonita e emocionante na cidade fundada pelo Cearense Melo Uchôa.

Em 1° de janeiro de 2013, a faixa da prefeitura é colocada em Eric Costa. O jovem eleito, fez questão de subir ao palco do espaço cultural pelos braços do povo para receber a faixa das mãos do então vice-prefeito de Nenzin, Aristides Milhomem.

No discurso, o agora empossado prefeito Eric Costa bradou em alta voz, que a cidade viveria um novo tempo, onde a chamada corrupção não faria mais parte daquele isntante em diante, envolvendo agentes públicos da prefeitura de Barra do Corda.

Atenta, e ao mesmo tempo sob fortes aplausos, a multidão observava ponto a ponto do seu discurso.

Eric Costa inicia sua gestão apostando no bom trato com o cidadão. Observador, ele percebe que tratando com cordialidade o povo, seria o ponto chave para várias vitórias. E quanto ao trabalho? Isso é uma outra história a ser analisada pelo prefeito recém-empossado.

Eric Costa assistiu o então prefeito Nenzin(saudosa memória) realizar uma verdadeira transformação em Barra do Corda através de obras. O jovem prefeito talvez tenha meditado, que no ano 2000, com uma gestão de muito trabalho por toda a cidade, Nenzin foi surpreendido por uma derrota para Avelar Sampaio. Ou seja, será que trabalhar é o ponto chave para ser vencedor em Barra do Corda nas eleições? Sim. Nenzin foi eleito por três vezes mediante seu trabalho, mas nesta conta, amargou talvez, a pior derrota quando pensou ele em desenvolver Barra do Corda no período 1997 a 2000.

Quatro anos depois, Barra do Corda retorna Nenzin ao comando da prefeitura(2004), e pela primeira vez, pelo voto popular, o povo reelege um prefeito na cidade, colocando Nenzin até 2012.

Sem dúvida alguma, foi entre 2008 até 2012, o período em que Nenzin mais trabalhou em Barra do Corda. Foram quase 400 salas de aulas construídas, vários postos e unidades básicas de saúde, praças, avenidas, poços, calçamento de ruas e pavimentação asfáltica. Com tudo isto, em 2012 Nenzin com seu grupo volta a ser surpreendido com uma derrota, e desta vez, para os filhos(Eric e Leandro) daqueles que em 2008 Nenzin os derrotou nas urnas(Avelar e Jecivaldo).

Em 2014, na eleição para deputado estadual, federal, senador e governador, o prefeito Eric Costa tem em seu grupo político três candidatos a deputados estaduais(Antonio Pereira, Aristides e Gil Lopes). Eric Costa não fez nenhuma questão quanto aos três, que aos olhos de outros, aparentava um grupo de bagunça política. Nada disso. O prefeito estava mirando de fato em sua reeleição em 2016, e para ele, pouco importava quantos candidatos sairiam de seu grupo em 2014.

Nas eleições de 2016, Eric Costa chega para a disputa um tanto desgastado, sem obras para mostrar, e enganou-se quem imaginou que este seria o grande problema para o prefeito em sua reeleição.

Totalmente articulado, com a força da prefeitura e do governo do estado, Eric Costa queria mesmo era vencer a disputa, e pouco importava com quantos votos de diferença seria. Eric Costa queria apenas vencer. E venceu.

A diferença foi de 1.700 votos, diferente de 2012 que chegou a quase 5 mil votos na dianteira contra Carlito Santos.

Eric Costa parte para seu segundo plano, às eleições de 2018. Fortalecido, com o governador do seu lado, pronto para tudo, o prefeito ensaia silenciosamente o nome do seu pai Jecivaldo Costa para deputado estadual, onde o foco era apenas um, derrotar seu maior inimigo político, Rigo Teles.

O nome do seu pai talvez não seria o mais adequado para aquele momento, quando em decisão com sua família e com o grupo político, Eric Costa bate o martelo e lança seu cunhado Fernando Pessoa. Era quase impossível imaginar, em um universo de 217 cidades, com vários nomes de peso da política estadual, com uma gestão desaprovada por quase 80% da população, Eric Costa dá a volta por cima, elege seu cunhado com maioria em Barra do Corda chegando a quase 16 mil votos, e beirando os 50 mil no Maranhão. O prefeito mostrou mais uma vez que com um bom trato, a coisa funciona na política, infelizmente, sem priorizar o trabalho, mas é a forma que se encontra o eleitorado em Barra do Corda que aprendeu a gostar do atual prefeito, mesmo cheio de defeitos.

Por outro lado, a oposição não é nada fraca, mesmo em meio a tantos bombardeios dos últimos anos, este Blog já publicou anteriormente, que se a mesma se articular bem, poderá retornar ao comando da prefeitura. Tem bons nomes, tem estrutura financeira e tem bom histórico de trabalho no grupo, falta apenas um pequeno detalhe. Basta apenas analisar o texto de forma profunda, e descobrirão.

Caso contrário, nasce a primeira oligarquia da história de Barra do Corda.

    Deixe seu comentário

    Os comentários são de inteira responsabilidade do autor e não expressam a opinião do Minuto Barra. Você pode ser denunciado caso comente algo racista, injúria ou difamação.

    O seu endereço de email não será publicado.




    Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores
    e não representam opinião do autor deste blog.

    *

    code