Veja aqui os deputados que votaram para aumentar impostos no Maranhão a pedido de Flávio Dino

Blog Minuto Barra, o Portal de Notícias do Gildásio Brito 

Nesta quarta-feira (5), a Assembleia Legislativa aprovou o aumento do ICMS para diversos produtos, dentre eles a gasolina, diesel, cerveja, refrigerante e outros. Ao longo de quase seis horas de debate, o Governo venceu mais uma vez com 24 votos a favor, 7 contrários e uma abstenção. Nove estiveram ausentes.

Votaram a favor da proposta do aumento do imposto os seguintes deputados:

Marcos Caldas (PTB), Cabo Campos (PEN), Neto Evangelista (DEM), Rafael Leitoa (PDT), Marco Aurélio (PCdoB), Bira do Pindaré (PSB), Levi Pontes (PCdoB), Vinícios Louro (PR), Edivaldo Holanda  (PTC), Francisca Primo (PT), Rogério Cafeteira (DEM), Valéria Macedo (PDT), Paulo Neto (DEN), Zé Inácio (PT), Antônio Pereira (DEM), Raimundo Cutrim (PCdoB), Ricardo Rios (PDT), Fábio Macedo (PDT), Hemetério Weba (PP), Glalbert Cutrim (PDT), Júnior Verde (PRB), Stênio Rezende (DEM), Sérgio Frota (PSDB) e Edson Araújo (PSB)

Votaram contra o aumento de impostos os seguintes deputados:

Adriano Sarney (PV), Wellington do Curso (PSDB), Léo Cunha (PSC), Roberto Costa (MDB), Nina Melo (MDB), Max Barros (PMB) e César Pires (PV).

Abstenção: Eduardo Braide (PMN)

Deputados ausentes na votação: Ana do Gás (PCdoB), Andréa Murad (PRP), Sousa Neto (PRP), Josimar de Maranhãozinho (PR), Edilázio Júnior (PSD), Carlinhos Florêncio (PCdoB), Fabio Braga (SD), Graça Paz (PSDB) e Rigo Teles (PV).

Informações:Jornalista Diego Emir

Deixe seu comentário

Os comentários são de inteira responsabilidade do autor e não expressam a opinião do Minuto Barra. Você pode ser denunciado caso comente algo racista, injúria ou difamação.

O seu endereço de email não será publicado.




Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores
e não representam opinião do autor deste blog.

*

code