São Luís, 8 de julho de 2020
×
São Luís, 8 de julho de 2020

Publicidade

Polícia

Polícia Civil prende suspeitos de terem assassinado na última terça-feira um comerciante em São Domingos

Polícia Civil prende suspeitos de terem assassinado na última terça-feira um comerciante em São Domingos

A equipe de investigação da delegacia de Polícia Civil, conseguiu realizar a prisão, em tempo recorde, de dois suspeitos de um crime de latrocínio ocorrido na madrugada da última terça-feira, dia 26 de maio, na cidade de São Domingos do Maranhão, que culminou na morte do comerciante GENECY FELIX DE SOUSA,  53 anos de idade.

DO CRIME

A vítima GENECY FELIX DE SOUSA, possuía um pequeno comércio em sua própria residência, onde residia sozinho. A vítima tinha costume guardar em sua própria residência o dinheiro faturado no comércio, assim como, todas suas economias. Com isso, chamou à atenção dos criminosos que acreditavam que a vítima possuía alguma quantidade em dinheiro guardado em sua casa. Na madrugada de terça-feira(26), os criminosos invadiram a casa da vítima GENECY, onde ceifarem sua vida, mediante estrangulamento e subtraíram para si, parte do dinheiro que tinha guardado em sua casa.

Publicidade

DA INVESTIGAÇÃO

O cadáver da vítima GENECY, somente foi encontrado por volta das 16h do dia do crime. A equipe de investigação da delegacia de São domingos foi até a cena de crime e passou a realizar os trabalhos investigativos, onde descobriram que os suspeitos do crime seriam os indivíduos de apelidos “NEGUINHO” e seu comparsa ‘PELÉ”.

Os suspeitos frequentavam a casa da vítima costumeiramente e a equipe de investigação descobriu que NEGUINHO possuía um envolvimento com a vítima. As investigações avançaram e os investigadores descobriram que “NEGUINHO” e “PELÉ”, haviam fugido para cidade de Colinas e estavam escondidos na casa da mãe daquele primeiro. Foi realizada uma missão envolvendo Policiais da delegacia de São Domingos, da 13ª Delegacia Regional de Presidente Dutra e da DP de Colinas, que culminou na prisão dos suspeitos NEGUINHO e PELÉ, os quais confessaram o crime e com eles a equipe de investigação encontraram parte do dinheiro subtraído da casa da vítima, já que os autores haviam repartido e gastado boa parte do dinheiro do roubo.

Em depoimento, familiares da vítima informaram que após a liberação do local do crime pela Polícia Civil, encontraram parte do dinheiro escondido pela vítima em sua residência, já que o mesmo não possuía conta bancária e guardava dinheiro em diversos locais da casa, temendo ser roubado.

Informações repassadas pela Delegacia Regional de Presidente Dutra ao Blog Minuto Barra

Foto repassada por populares que assistiram o momento da prisão.

 

Faça um comentário
Need Help? Chat with us