Flávio Dino recoloca o nome de Marly Sarney em maternidade, após pressão da população que não aceitou o novo nome

Blog Minuto Barra, o Portal de Notícias do Gildásio Brito 

O decreto assinado por Flávio Dino, no dia 1° de Janeiro de 2015, quando tomou posse no Palácio dos Leões, não foi aceito pelo povo do Maranhão em sua grande maioria.

O decreto, determinava a retirada imediata, de nomes de pessoas vivas de prédios e vias públicas em todo o Maranhão, mas com um foco apenas, em atingir José Sarney e sua família.

Na semana seguinte, o nome de Dona Marly Sarney que tem uma materninade em São Luís com seu nome, foi um dos primeiros a ser removido pela canetada comunista de Flávio Dino.

A população não aceitou o novo nome, e o governador teve que voltar atrás, e recolocou o nome de Dona Marly Sarney na maternidade.

Flávio Dino, foi obrigado a comprar a tinta branca e vermelha, subir a escada, e colocar de voltar o nome de Dona Marly Sarney, esposa do homem que ele mais tem ódio e inveja

Veja a foto abaixo;

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado.




Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores
e não representam opinião do autor deste blog.

*

code