São Luís, 9 de julho de 2020
×
São Luís, 9 de julho de 2020

Publicidade

Notícias

Presidente da Câmara de Lajeado Novo diz que documento feito por uma vereadora é igual papel que se passa na “bunda”

Vereador Fogoió, aliado de primeira hora do prefeito, disse que os documentos enviados pela vereadora cobrando melhorias em favor da população, eram iguais a papel que se passa na bunda.

Presidente da Câmara de Lajeado Novo diz que documento feito por uma vereadora é igual papel que se passa na "bunda"

Um fato ridículo e imoral ocorreu no pequeno município de Lajeado Novo que fica localizado às margens da Br-226, entre Grajaú e Porto Franco.

Por lá, a Câmara Municipal não realiza sessão plenária desde quando à pandemia do Coronavírus teve início. Até aí tudo bem!!

Em meados de abril, muitas Câmaras Municipais espalhados pelo Maranhão começaram realizar suas sessões de forma remota, justamente, para fiscalizar, cobrar e criar projetos que possam ajudar no combate ao Coronavírus. CONTINUE LENDO ABAIXO;

Publicidade

Em Lajeado Novo, é bem diferente!! O presidente da Câmara, vereador Nessival Ribeiro, vulgo Fogoió, nem sequer tomou a iniciativa em retomar com os trabalhos legislativos de forma remota. Alega que recebeu uma recomendação para a não realização das sessões.

Com isso, o prefeito Raimundo Barros encontra-se com a corda e mais um pedaço para aplicar os recursos a seu modo. Para combater o Coronavírus, a prefeitura de Lajeado Novo recebeu uma emenda de R$ 666 mil. O vereador Ronis Milhomem vem questionando os gastos por parte da prefeitura e denuncia que não existe  transparência. E de fato não existe, pois, o próprio Tribunal de Contas do Maranhão afirma que a gestão de Raimundinho Barros em Lajeado não é transparente.

Ocorre que, a vereadora Ana Paula, começou a fazer documentos e requerimentos cobrando da gestão ações em favor da população de Lajeado Novo. E pelo fato da Câmara Municipal encontrar-se sem realizar suas sessões, a parlamentar se viu na obrigação de enviar os documentos e requerimentos diretamente ao poder executivo.

A vereadora só não imaginava que seria repreendida pelo presidente da Câmara, vereador Fogoió, através de uma mensagem de áudio pelo WhatsApp. No áudio, o presidente da Câmara diz de forma desrespeitosa que os documentos feitos pela vereadora são iguais a papéis que se passa na bunda.

O presidente diz no áudio, que os documentos e requerimentos da vereadora Ana Paula não tem validade, já que não passou por votações entre os demais vereadores e disparou; “Isso aí e um papel que se passa na bunda, é a mesma coisa”, disse Fogoió a vereadora Ana Paula. Ouça abaixo o áudio enviado pelo presidente da Câmara para a vereadora;

O Blog Minuto Barra entrou em contato com o presidente da Câmara de Lajeado Novo e questionou ele quanto ao teor do áudio. Ele disse ao Blog que tenta fazer tudo direitinho, porém, tem horas que se perde a cabeça.

O vereador Ronis Milhomem, vice-presidente da Câmara Municipal de Lajeado Novo repudiou o comportamento do presidente Fogoió para com a vereadora Ana Paula. Veja abaixo a nota de repúdio;

Recebo com profunda tristeza e horror o audio do presidente da câmara municipal de Lajeado Novo/MA, senhor Nelsival Ribeiro (partido do prefeito PRB), conhecido popularmente como Fogoió. Quando desrespeita a vereadora Paula num áudio enviado pelo whatsapp.

A atitude do Presidente caracteriza-se como um verdadeiro abuso de prerrogativas, e portanto, não guarda qualquer compatibilidade com a função de Presidente do Legislativo municipal.

O que falta ao atual presidente, tem em abundância na sua antecessora: a vereadora Ana Paula, que por sua vez, conduziu de maneira brilhante a presidência da câmara durante o seu biênio, sobretudo, no trato harmônico e respeitoso com seus pares.

O áudio que a vereadora Paula recebeu do presidente da câmara, não merece ser reproduzido nesta nota de repúdio. Mas quero deixar todo meu apoio e solidariedade a minha colega vereadora.

Ronis Milhomem

Vice-presidente

Faça um comentário

Continue lendo...

Need Help? Chat with us