São Luís, 9 de março de 2021
×
São Luís, 9 de março de 2021

Publicidade

Saúde

Pacientes da sala vermelha sofrem com goteiras na UPA de Barra do Corda

Após Eric Costa gastar quase R$ 600 mil para reformar a UPA, pacientes tentam sobreviver em meio a goteiras durante uma chuva que caiu na noite de Natal.

Pacientes da sala vermelha sofrem com goteiras na UPA de Barra do Corda

“Todos pelo bem!” esse foi o slogan usado pelo grupo Eric Costa na campanha deste ano. Diziam eles que estavam lutando contra o mal que prosperava em Barra do Corda. Mas a pergunta central é: todos pelo bem de quem? O bem de toda população barra-cordense ou apenas o bem do prefeito Eric Costa, acusado pelo Ministério Público de desviar aproximadamente 200 milhões de reais dos cofres públicos?

Não é novidade que a saúde pública se encontra em um estado calamitoso. Por diversas vezes podemos encontrar queixas significativas de pacientes e servidores públicos. Como se já não bastasse médicos com o salário atrasado, pacientes sofrem à míngua sem medicamentos ou recursos básicos que uma unidade de saúde deveria ter. Não há quem acredite que a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Barra do Corda tenha recebido uma reforma principalmente no teto avaliada em quase 600 mil reais este ano, sendo que nos últimos meses (Out. Nov. Dez) o Ministério da saúde já repassou R$ 7.279.600,47 (Sete milhões duzentos e setenta e nove mil seiscentos reais e quarenta e sete centavos).

Faltando menos de uma semana para deixar o mandato de prefeito, Eric Costa deixará o comando da prefeitura como gestor mais desumano da história. Enquanto Eric Costa participava de sua ceia de Natal em um ambiente aconchegante, pacientes da sala vermelha da UPA ficaram sozinhos, sem nenhum familiar tentando sobreviver em meio a goteiras durante uma chuva que caiu na noite de Natal. CONTINUE LENDO ABAIXO A MATÉRIA;

Publicidade

De forma farisaica, o atual chefe do executivo quer deixar o mandato iludindo a população com vídeos em suas redes sociais que tentam mostrar uma gestão quase perfeita. Por outro lado, quando o cidadão se encontra necessitado de tais atendimentos, ele percebe o total descaso administrativo, sofrendo devido a falta de um dos seus maiores direitos que é: saúde pública de qualidade.

VEJA ABAIXO O VÍDEO GRAVADO NA NOITE DE NATAL:

Faça um comentário