São Luís, 19 de setembro de 2020
×
São Luís, 19 de setembro de 2020

Publicidade

Política

Gil Lopes, Vitalzinho e Adriano Brandes acreditaram demais na palavra do prefeito Eric Costa e foram surpreendidos pelo abandono

Desde o final de 2019, Adriano Brandes, Vitalzinho Sampaio e Gil Lopes eram considerados os três pré-candidatos ao cargo de prefeito no grupo de Eric Costa. Agosto de 2020: Ambos descartados da escolha de Eric Costa.

Gil Lopes, Vitalzinho e Adriano Brandes acreditaram demais na palavra do prefeito Eric Costa e foram surpreendidos pelo abandono

Impossível imaginar que tenha sido muita inocência ou coragem por parte de Gil Lopes, Vitalzinho e Dr Adriano Brandes de que estariam no coração político do prefeito Eric Costa para à sucessão municipal do próximo dia 15 de novembro momento em que, o eleitorado de Barra do Corda em quase 60 mil, escolherão o novo prefeito que governará o município pelos próximos quatro anos(2021-2024).

O vereador Gil Lopes sem dúvida alguma acreditou demais que ao se filiar ao PCdoB que é presidido pelo prefeito Eric Costa, poderia ser o escolhido para disputar o cargo de prefeito representando o grupo Comunista.

Gil Lopes não desfruta sequer do mínimo de simpatia por parte do prefeito Eric Costa, o gestor apenas o tolera. Esse Blog já destacou em várias matérias que, o comportamento do presidente da Câmara lá em 2018, quando criou resistência quanto à possibilidade de Jecivaldo Costa ser o candidato a deputado estadual do grupo de Eric Costa, acabou criando um ferida no coração do prefeito. CONTINUE LENDO ABAIXO A MATÉRIA;

Publicidade

Ainda por cima e apesar de ser um líder bem articulado e que transita bem no campo político local, Gil Lopes assinou uma CPI contra o prefeito Eric Costa e passou alguns meses no grupo da oposição.

Gil Lopes teve toda chance de se filiar em outro partido porém, foi altamente audacioso em acreditar que filiando-se no partido de Eric Costa, poderia ser o candidato. E não foi por falta de avisos!! Lhe resta agora para não ficar sem mandato, concorrer pela sexta vez ao cargo de vereador.

Vitalzinho. Um jovem vereador eleito em primeiro lugar nas eleições de 2016, vale ressaltar que fez um bom trabalho na Câmara Municipal, mesmo tendo se posicionado contrário em algumas matérias do interesse popular, ele soube enfrentar duras críticas com muita tranquilidade.

Vitalzinho foi convencido a deixar o partido Democratas, onde ele teria total segurança para concorrer ao cargo de prefeito, já que a sigla tem como um dos comandantes no estado o deputado Antônio Pereira, fiel amigo da família Sampaio, em Barra do Corda.

O convite para deixar o DEM e se filiar ao PDT que é comandado no Maranhão por dois grandes amigos do prefeito Eric Costa, sendo eles; senador Weverton e Erlânio Xavier, tinha como objetivo controlar Vitalzinho no momento certo, e ocorreu.

A primeira quinzena desse mês de agosto, Vitalzinho jamais pensou que viveria em sua vida política o que viveu. Foi quando ele percebeu que chance alguma teria em ser apontado como o candidato do grupo Pedetista/Comunista ao cargo de prefeito.

Dr Adriano Brandes foi o mais sonhador de que seria o apontado para ser o candidato do grupo. Entre os três, de fato ele era o que Eric Costa mais simpatizava. Naquela reunião em que Márcio Jerry se fez presente em Barra do Corda, até pedaços de papéis foram jogados na mesa para mostrar a Gil Lopes e Vitalzinho de que Adriano dentro do grupo comunista, pontuava melhor.

Após a vinda do presidente do PCdoB, os conflitos aumentaram ainda mais!!

Por outro lado, o pré-candidato da oposição Rigo Teles marcha consolidado. Na semana seguinte, o grupo de Eric Costa sofre outro forte baque com anúncio do nome de Marcos da Unillar como vice de Rigo Teles. Ambos serão oficializados em uma grande convenção com data ainda a ser escolhida entre 31 de agosto a 16 de setembro.

Rigo Teles e Marcos da Unillar continuam recebendo apoios diariamente em torno de seus nomes e caminham ainda mais fortalecidos rumo às convenções.

No último final de semana, Gil Lopes, Vitalzinho e Adriano Brandes foram surpreendidos com a escolha do nome do vice-prefeito Leandro Sampaio como candidato do grupo de Eric Costa e terá seu nome oficializado nas convenções.

gil lopes vitalzinho e adriano brandes acreditaram demais na palavra do prefeito eric costa e foram surpreendidos pelo abandono - Gil Lopes, Vitalzinho e Adriano Brandes acreditaram demais na palavra do prefeito Eric Costa e foram surpreendidos pelo abandono - minuto barra

Por ser seu primo, Vitalzinho acabou aceitando a escolha.

Adriano Brandes e Gil Lopes agora vivem o dilema da traição política que jamais imaginavam passar, principalmente o jovem médico.

Adão Nunes sentiu o gosto amargo do abandono por parte do prefeito Eric Costa ainda em março e, acabou procurando novos rumos. Ele deixou o PDT e se filiou ao PSL para que tivesse garantia em seu projeto de candidatura ao cargo de prefeito.

Caiu nas mãos de Leandro Sampaio uma batata quente que nem mesmo Carlito Santos sentiu sua temperatura em 2012 quando foi escolhido para ser o candidato a prefeito do grupo Nenzin.

O mundo político Barracordense girou. Aquilo que favorecia Eric Costa em 2012, se vira contra ele e seu resumido grupo nas eleições de 2020, exatamente oito anos depois.

O Blog Minuto Barra desde o início do ano vem dizendo; O eleitorado de Barra do Corda é vingativo com quem se encontra no poder. Os eleitores por maioria praticaram vingança contra Elizeu na década de 90, Nenzin no ano 2000, contra Avelar em 2004, contra Nenzin outra vez em 2012 e tudo caminha para que a vingança seja ainda maior contra Eric Costa agora em 2020.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Faça um comentário

Continue lendo...