ELEIÇÕES 2018: Júnior e Nenzin, reafirmam total apoio a pré-candidatura de Roseana Sarney

Blog Minuto Barra, o Portal de Notícias do Gildásio Brito 

Júnior do Nenzin, acompanhado por seu pai ex-prefeito Nenzin de Barra do Corda, tiveram um encontro na tarde desta terça-feira(17) em São Luís, com a ex-governadora Roseana Sarney, onde declararam total apoio a sua pré-candidatura ao governo do Maranhão nas eleições de 2018.


Junior e seu pai Nenzin, disseram a Roseana, que ela terá total apoio do grupo em sua eleição, e que a mesma receberá de Barra do Corda, uma das maiores votações da história do município por todo o trabalho que ela realizou na cidade quando esteve no governo.
Roseana agradeceu o apoio reafirmado e disse“eu sempre fui muito bem tratada pelo povo de Barra do Corda, sempre tive maioria esmagadora de votos naquela cidade, agradeço ao Nenzin e ao Júnior todo o carinho e apoio, como também a todo o povo dessa cidade que tanto amo”, disse Roseana.
Participaram do encontro, o Blogueiro Gildasio Brito, o advogado Dr Luis Augusto Bonfim e Antonio Filho.

 

Defensor Público de Barra do Corda, sai em defesa da honra da deputada Andrea Murad

Blog Minuto Barra, o Portal de Notícias do Gildásio Brito 

O defensor público de Barra do Corda, Dr Jessé Mineiro, repudiou alguns comentários de pessoas nas redes sociais, contra a honra e a dignidade da deputada estadual Andrea Murad.

Após a deputada se manifestar a rspeito do ocorrido no gaiolão da delegacia de Barra do Corda, a mesma teve sua honra ferida através de comentários nas redes sociais. O defensor Jessé Mineiro, disse ao Blogueiro Gildásio Brito, que a deputada Andrea Murad, fez e vem fazendo o seu papel como parlamentar, desde que saiu a notícia da morte do Sr Francisco Ediney. ” Apesar de eu ter tido uma postura de enfrentamento com a Deputada, eu a parabenizo por ter se manifestado em defesa dos direitos humanos. E repudio os ataques misógenos que ela recebeu“, afirmou o defensor público.

Abaixo, vídeo da deputada Andrea Murad falando a respeito do gaiolão de Barra do Corda.

Ponte que Flávio Dino inaugurou em Tuntum, começa a desmoronar

Blog Minuto Barra, o Portal de Notícias do Gildásio Brito 

Os moradores da cidade de Tuntum, estão revoltados com o péssimo serviço realizado pelo governo Flávio Dino na cidade, precisamente na construção de uma ponte que foi inaugurada pelo comunista no mês passado no aniversário da cidade.

Bastou apenas uma simples chuva, que as duas cabecerias da ponte desabou, colocando em risco a vida dos condutores de veículos que por aquele local passam. Um morador da cidade, disse ao Blog Minuto Barra, que é uma vergonha observar o dinheiro público sendo aplicado de qualquer jeito.”Esperamos que o governador e o prefeito de Tuntum se manifestem, a respeito de uma obra sem estrutura e sem segurança”. Veja abaixo as imagens da inauguração e outra imagem da ponte já com problemas em sua estrutura.

 

 

 

Senador Roberto Rocha se manifesta a respeito do ocorrido no gaiolão em Barra do Corda

Blog Minuto Barra, o Portal de Notícias do Gildásio Brito 

O senador Roberto Rocha PSDB/MA, se manifestou a respeito do ocorrido com o Sr Francisco Ediney, que foi preso após se envolver em um acidente de trânsito, no último dia 8 de outubro em Barra do Corda, e veio a óbito no dia seguinte, depois de passar mais de 18hs preso,segundo afirmação da família e do seu advogado, meio ao sol e o frio da noite em um gaiolão,localizado aos fundos da delegacia da cidade. Veja abaixo a manifestação do senador.

*Segurança: um pacto pela verdade*

Há certos temas que parecem estar sempre no ponto cego das políticas públicas. O mais grave deles, certamente, é a questão da segurança. Apesar de ser, hoje, uma tragédia social, apontada em todas as pesquisas de opinião como a preocupação central da população, o tema continua desafiando gestores públicos, governantes, lideranças e organizações sociais.

Basta ver que quando se trata da saúde, da educação ou do meio ambiente, há centenas, senão milhares de ongs dedicadas a essas causas. A segurança, no entanto, não merece esse prestígio.

Talvez por estar enraizada na nossa estrutura social desigual, com enormes dívidas de cidadania, o fato é que a execução das políticas de segurança é tributária de um modelo de contenção social, de viés militar, baseado no uso da força, das ações policiais armadas, da lógica repressiva.

Há boas experiências em curso, baseadas noutra lógica, como é o caso do gerenciamento dado pelo Governo de São Paulo, que vem registrando sucessivas baixas nos índices de homicídios. Esse resultado é fruto de ações permanentes desenhadas no Plano de Combate aos Homicídios, seguido do fortalecimento das agências policiais e o uso de projetos de tecnologia e inteligência policial.

Mas para que essas ações deem resultado, há que ter uma nítida cadeia de comando, atuando com metas claras e o reconhecimento real do problema.

Ainda esta semana o governador Geraldo Alckmin afastou um delegado, sem alarde e sem espetacularização, pelo fato do agente ter excedido de suas funções, ao promover uma ação de busca a partir de uma denúncia anônima. E, vale dizer, essa ação atingia o filho do ex-presidente Lula, um adversário político.

Bem diferente do que vimos esta mesma semana no Maranhão. Aqui, agentes da lei enjaulavam seres humanos numa horrenda cena pública de humilhação e barbárie. A morte trágica de um empresário, encarcerado por um simples incidente de trânsito, desencadeou protestos pelo Brasil todo, merecendo aqui, no entanto, um eloquente silêncio da Secretaria de Direitos Humanos do Estado.

Pior, nos limites do grotesco, foi a nota do Governo debitando a conta ao governo anterior. Ou seja, exatamente o oposto do que fez o governador de São Paulo, isentando o adversário, aqui no Maranhão a culpa foi jogada sobre a adversária política. Custava admitir o absurdo, punir os agentes, chamar a si a responsabilidade e acenar com soluções para o futuro?

A segurança tem que ser entendida como um bem público, cujo centro está na cidadania. Há que se redefinir o pacto federativo, dando condições para os municípios também atuarem, em conjunto com os governos Federal e Estadual. Eu mesmo já propus uma alteração na Constituição (PEC 33/2014) definindo dotação orçamentária para os entes municipais. O projeto já foi aprovado na CCJ e aguarda votação no plenário.

Transformar o paradigma de segurança exige continuidade das políticas públicas, planejamento, modernização de sistemas e mobilização social. E, principalmente, um pacto de verdade entre o Governo e os cidadãos, É necessário que através desse pacto o Governo gere informações estatísticas confiáveis, reconheça a gravidade do problema e não escamoteie as responsabilidades pelas quais o povo, soberanamente, lhe outorgou o mandato.

*Roberto Rocha*  senador da República.

Rigo Teles homenageia  Nossa Senhora Aparecida, as crianças e os professores

Blog Minuto Barra, o Portal de Notícias do Gildásio Brito 

O líder do Partido Verde (PV) na Assembleia Legislativa, deputado Rigo Teles, ocupou a tribuna da Casa na quinta-feira (11), para registrar a passagem do Dia de Nossa Senhora da Aparecida (a Padroeira do Brasil), do Dia Crianças e do Dia do Professor.

Em sua fala, o deputado Rigo disse que não poderia deixar de falar desta semana tão importante para todos, primeiro pela passagem da significativa data onde se comemora o Dia de Nossa Senhora Aparecida, a nossa Padroeira, a Padroeira do Brasil.

O parlamentar relatou que já participou dos festejos e foi à missa em homenagem à Nossa Senhora Aparecida, em Aparecida do Norte, São Paulo, e viu realmente a beleza e emoção de milhões de devotos da Santa de todos os cantos do mundo.

Para Rigo Teles, era impossível também deixar de falar na tribuna da Assembleia Legislativa da passagem do Dia das Crianças, comemorado Amanhã (12). “Quem de nós não foi criança e não sabe o que é a passagem da vida da criança?, indagou.

Na ocasião, Rigo Teles registrou a passagem da Semana dos Professores, onde se comemora o Dia dos Professores (15 de outubro) e homenageou e parabenizou os professores das redes municipal, estadual, federal e da privada do Estado do Maranhão.

“Quem não teve professor, o mestre que nos ensinou a dar o primeiro passo na leitura. Temos que agradecer e prestigiar o professor, que deve ser mais reconhecido e remunerado, porque nos deu o primeiro ensinamento até o término da faculdade”, disse.

Secretário de Direitos Humanos de Flávio Dino se cala mediante o ocorrido em Barra do Corda no caso “gaiolão”

Blog Minuto Barra, o Portal de Notícias do Gildásio Brito 

Ao que parece, há uma seletividade nos movimentos de diretos humanos, pois quando a vítima é um marginal logo saem em defesa e pedindo punição às autoridade públicas, mas como nesse caso do gaiolão de Barra do Corda a vítima foi um empresário, o secretário de direitos humanos de Flávio cala  boca. Será por ordem do chefe comunista?

É de deixar qualquer um embasbacado o silêncio do secretário de Direitos Humanos do Maranhão, Francisco Gonçalves, sobre a morte do empresário Francisco Ediney, ocorrida numa delegacia na cidade de Barra do Corda após passar quase 20 horas em um gaiolão, como afirma a família.

Francisco Ediney morreu depois de passar várias horas exposto ao sol de 40 graus no “gaiolão da tortura” sem sequer ter o direito de tomar água e os remédios para hipertensão, mesmo tendo sido ele liberado da UPA da cidade para a prisão com a pressão em 20 por 15, como relatou sua mãe em entrevista.

O clima em Barra do Corda é de total indignação até porque o senhor Francisco Ediney era tido como um homem de bem e muito querido na cidade, tanto que houve um grande protesto na cidade logo após a sua morte e neste sábado, a partir das 17h, está prevista outra grandiosa manifestação em protesto pela morte do empresário e contra a omissão do Governo do Estado em relação ao caso.

Gailões em quanto “política de Estado”

Existem pelo menos uns 50 “gaiolões da tortura” espalhados pelo Maranhão. O episódio de Barra do Corda, portanto, não é um caso isolado.

Antes usado apenas para o chamado “banho de sol”, no governo Flávio Dino usado como parte da carceragem com hora para entrar, e sem horário certo para sair.

Enquanto Barra do Corda chora clamando por justiça, o secretário de direitos humanos de Flávio Dino, sai pelo Maranhão inaugurando poço artesiano, ele preferiu ir a cidade de Água Doce, do que enfrentar o povo de Barra do Corda, já que seu chefe Flávio Dino foi avisado em fevereiro pela defensoria pública, quanto a precariedade na delegacia de Barra do Corda .

DEU NO JORNAL O ESTADO: Roseana deixou em construção a nova delegacia de Barra do Corda, Dino paralisou a obra

Blog Minuto Barra, o Portal de Notícias do Gildásio Brito 

A situação degradante da delegacia de Barra do Corda poderia ser outra se o governador Flávio Dino (PCdoB), em vez de tentar culpar Roseana Sarney (PMDB) por tudo aquilo que não consegue fazer, desempenhasse como deveria seu papel de gestor.

Dito isto, vamos aos fatos.

Em 2014, a peemedebista, então ainda à frente do Governo do Maranhão, aprovou a aquisição de estruturas modulares e deu ordem de serviço para o início da Delegacia Regional de Barra do Corda(localizada no bairro incra, ao lado da Ciretran). Dino assumiu em 2015 e paralisou a obra, e so retomou as obras agora em 2017.

Segundo dados de um relatório de acompanhamento de obras do programa Viva Maranhão – financiado com recursos do empréstimo do BNDES -, em outubro daquele ano já estavam concluídos aproximadamente 14% dos serviços na nova delegacia de Barra do Corda.

Concluiu-se o mandato de Roseana, passaram -se mais de mil dias de governo Flávio Dino, e o que há em Barra do Corda?

Um “gaiolão da tortura”.

E o comunista ainda tem coragem de dizer que a culpa é da antecessora.

Esse Flávio Dino…

Matéria: Jornalista Gilberto Leda/Jornal o Estado

Delegado Renilton Ferreira promove ação em comemoração ao dia da criança

Blog Minuto Barra, o Portal de Notícias do Gildásio Brito 

O delegado regional de Barra do Corda Dr Renilton Ferreira, realizou ontem dia 12 de outubro, uma grande ação em comemoração ao dia da criança em bairros carentes da cidade, distribuindo brinquedos e conquistando sorrisos e esperanças.

Foram visitados os bairros Vila Sampaio, Vila Mariano, Altamira (redondezas do Estádio), Nova Trezidela (casinhas ao lado da morada Rio Corda), Vila Alvorada, Vila Nenzinho, Trezidela e Ceramica, onde foram distribuído centenas de brinquedos.

A ação foi fruto do trabalho de nossos policiais e funcionários administrativos no curso das duas ultimas semanas, onde buscamos junto ao comercio local, patrocínio para tornar essa ação social e de integração possivel.

Prestação de contas:
Ao longo dessas duas semanas foram arrecadados *R$ 4.600,00*, sendo possivel assim a aquisição de aproximadamente *1500 (um mil e quinhentos brinquedos)* que foram distribuídos por cada bairro acima citado, arrancando sorrisos e alegrias de nossas crianças.

Foram responsáveis pela magnitude do evento, mediante seus solidários e conscientes patrocínios os seguintes estabelecimentos:
– Supermercado Sacolão Brasil
– Supermercado São João
– Dmodas
– Unilar
– Posto Dizzo
– loja Paraiba
– loja Isamor
– Imporbarra Variedades
– Barra Tecidos
– Elzir Calçados
– Mundo do real
– Lojas Noroeste
– Brasil Importados e Nacionais
– Dr. Gedson Lobo
– Dra. Emanuelly Lobo
– Dr. Thiago Campps

Por fim, nossos agradecimentos de forma calorosa ao Progama do Vavá, que em parceria com a Policia Civil, patrocinou e colaborou para que esse evento fosse possivel e ainda fez a cobertura do evento.

Sem a colaboração de cada patrocinador e de cada pessoa que trabalhou de forma árdua e até em horários noturnos, nao seria possível. Vocês fizeram acontece!!
Nosso muito obrigado.

Bom dia Brasil repercute vídeo do Blogueiro Gildásio Brito no caso “GAIOLÃO”

Blog Minuto Barra, o Portal de Notícias do Gildásio Brito 

As matérias e vídeos gravados pelo Blogueiro Gildásio Brito de Barra do Corda, fez com que o Bom dia Brasil da Tv Globo repercurisse o caso do gaiolão na delegacia de Barra do Corda, que provocou a  morte de  um empresário da cidade, Sr Francisco Ediney. A equipe da tv globo através do repórter Alex Barbosa, entrou em contato ontem quarta-feira com Gildásio Brito, solicitando detalhes e autorização para usar o vídeo na reportagem. Veja abaixo;

Morte de empresário barra-cordense no “gaiolão da tortura” repercute na Câmara Federal

Blog Minuto Barra, o Portal de Notícias do Gildásio Brito 

O deputado federal Hildo Rocha fez nesta quarta-feira duro pronunciamento sobre a ação policial que culminou na morte do empresário Francisco Edinei Lima Silva. Conduzido para a delegacia em consequência do seu envolvimento num acidente de trânsito, o empresário não resistiu às condições degradantes do gaiolão onde ficou trancafiado por mais de 18 horas. “É mais uma barbárie praticada pela segurança pública do Estado do Maranhão”, enfatizou Hildo Rocha.

O parlamentar lembrou que não é a primeira vez que utiliza a tribuna da Câmara para denunciar atos bárbaros praticados pelo aparelho de segurança pública do Estado. “Todos lembram do caso Irialdo Batalha que também foi vítima do sistema policial comandado pelo governador Flávio Dino. Agora, outro cidadão de bem teve a vida tirada de forma cruel. O empresário foi colocado num gaiolão, ficou exposto ao sol que neste período chega até 40 graus. Ednei teve um pico de pressão alta e veio a falecer em função dessa barbárie praticada pelo Estado”, disse Hildo Rocha.

Governador omisso

De acordo com o deputado, as mazelas acontecem porque o governador só faz política partidária. “Até hoje ele não assumiu o comando do governo. Ele não consegue comandar a segurança pública, é desrespeitado porque só vive fazendo política partidária, não governa o Estado, não sabe os problemas da segurança pública; não organiza a educação e a saúde pública do Maranhão é só viajando para fazer política partidária pensando na reeleição”, enfatizou.

“Fica aqui o meu protesto em relação a esse episódio. Espero que o Ministério Público mande apurar e encaminhe para o judiciário aqueles que estão envolvidos nessa morte bárbara. Espero que o procurador-geral do Estado, senhor Luis Gonzaga, tome as providencias. Não é admissível que um cidadão de bem, que nunca teve nenhum problema policial seja assassinado pela segurança do Senhor Flávio Dino”, asseverou Hildo Rocha.